Isla Margarita, Venezuela (de ônibus, a partir de Boa Vista – Roraima)

IslaMargaritaEu havia acabado de me mudar pra Manaus, em pleno Fevereiro, e estava estranhando não ter mais o carnaval carioca pra pular. Para não passar o carnaval em branco, resolvemos fazer uma viagem pra conhecer um lugar (país) novo. A Venezuela é super perto daqui. Então, meio em cima da hora, resolvemos ir pra Isla Margarita, “a pérola do Caribe”. Eu, noivo e mamãe (que veio ajudar na mudança).

Como em cima da hora as passagens para Caracas estavam caras, resolvemos fazer um trajeto mais em conta.

Apesar de demorado e cansativo, foi muito recomendado pelos manauaras: vôo para Boa Vista – RR e ônibus da Eucatur de Boa Vista para Puerto La Cruz (R$129 o trecho, 22h de viagem). Eu durmo em viagens que é uma beleza. Mas são muitas paradas para revista e mostrar passaporte quando entra na Venezuela (além do normal nas aduanas). E o pior mesmo foi a falta de educação dos outros passageiros: conversas tarde da noite, crianças batendo na cabeça das pessoas dormindo e a mãe acha graça, bebês chorando… Não recomendo. Se puder, vá para Caracas e pegue avião para Margarita.

Aduana Fronteira Brasil-Venezuela

Aduana Fronteira Brasil-Venezuela

Fronteira Brasil-Venezuela

Fronteira Brasil-Venezuela

Rodoviária Puerto La Cruz

Rodoviária Puerto La Cruz: onde o ônibus da Eucatur te deixa, e você pega um taxi para o porto

Barca travessia Puerto La Cruz para Isla Margarita

Barca travessia Puerto La Cruz para Isla Margarita

.

.

.

.

.

.

Chegamos na rodoviária de Puerto La Cruz e de lá partimos para o porto, pra estação do ferry. Existem 2 companhias fazendo o trajeto: Conferry e Gran Cacique. Pesquise os horários e preços antecipadamente. Se for em alta temporada, convém comprar antes também. Existe a opção do convencional e do express, que diferem no tempo de percurso (4,5h e 2,5h de viagem) e preço. Muito importante: é necessário ter uma cópia dos documentos (passaporte ou identidade) para comprar a passagem e embarcar. Descemos no Puerto de Punta de Piedras, na Isla Margarita. E pegamos taxi pro hotel.

Preço Gasolina VenezuelaSe for de carro, vai tomar um susto com o preço do combustível: 0,07 bolivares o litro. Se pensar que R$1,00 = 9 bolivares… Com R$1,00 enche o tanque e sobra!!!!

Ficamos no hotel Portofino Complex All Inclusive Resort, na Playa El Agua. Fechamos previamente com a CVC. AMEI! Falo sobre ele aqui.

Dança típica VenezuelaA night em Margarita é bem movimentada, com Cassino que não tem hora pra fechar, e algumas boates. Mas curtimos mais o hotel mesmo.

Para as compras, os preços são bastante atraentes, desde bebidas e roupas chegando até os eletrônicos, não esquecendo das lembrancinhas e das pérolas. Para isso é importantíssimo que sejam feitas em dinheiro vivo, porque a cotação do câmbio negro é absurdamente melhor do que o câmbio oficial praticado pelos cartões de crédito. Fomos ao Shopping Sambil, lindo e enorme, com ótimos preços.

La RestingaPasseios:

  • Fizemos o Jeep Tour: tour pela ilha em jipe aberto. O comboio de jipes pega o pessoal as 8h da manhã e devolvem as 17h. Está incluído bebidas nacionais durante o tour, almoço, translado e entrada para os barquinhos na Lagoa da Restinga. R$ 64/pessoa. Fechamos no hotel. Adorei o passeio porque dá pra conhecer a ilha quase toda. Paradas: Castillo de Santa Rosa, Basílica da Virgem del Valle, passeio de barco na Laguna de La Restinga, Playa Punta Arenas, pôr-do-sol em Fortin de La Galera em Juan Griego.
Jeep Tour

Jeep Tour

La Restinga

La Restinga

  • Não resisti ao Nado com golfinhos, no Waterland: São 30 min de instrução + 30 min de nado. R$ 122/pessoa. Observador paga R$ 12/pessoa. Fechei com a Giovanna, uma brasileira que trabalha com turismo na ilha.
Nado com golfinhos, delícia!

Nado com golfinhos, delícia!

  • Não fizemos, mas há outros ótimos passeios: Full day Ilha de Coche, Full day Ilha de Cubagua, Mergulho em Los Frailes, Arquipélago do Los Roques que merece alguns dias).

Ficamos 5 dias no total. Achei suficiente (se for conhecer as outras ilhas em volta vai precisar de mais tempo). Na volta, o ônibus demorou mais que o esperado (e ficou muito tempo na revista da aduana porque alguns espertinhos estavam carregando mercadorias em valor maior que o permitido, e sem nota fiscal). Então descemos na fronteira no Brasil e pegamos um táxi de Pacaraima até Boa Vista para não perder o vôo. Deu certo, o táxi não deu muito caro, mas é melhor comprar passagem com maior tempo da chegada prevista.

Dicas:

  • Faça o câmbio com taxa de mercado negro, mas de forma segura. Leve dólares em espécie (no momento, 1 dólar = 18 bolívares ou 1 real = 9 bolívares). Câmbio oficial: 1 dólar = 4,30 bolívares. Nós trocamos nosso dinheiro de dólar e reais por bolívares no melhor câmbio em Pacaraima – RR, na mini-rodoviária antes da fronteira. Quem for de avião, troque no aeroporto ou na ilha. Em Margarita troque dólar por bolivar com pessoas confiáveis recomendadas. A Giovanna troca, no nosso hotel um atendente também trocava. Cuidado com os cambistas nas ruas.
  • O táxi sai bem barato em função da cotação. Á noite, não ande a pé nem sozinho, use táxi.
  • Precisa ter a carteira de vacinação internacional contra a febre amarela com no mínimo 10 dias de antecedência à data da viagem.
  • Nem pense em falar mal do Chavez ;)

Leia também:

122 opiniões sobre “Isla Margarita, Venezuela (de ônibus, a partir de Boa Vista – Roraima)

  1. Olá Cris , como vai ?

    Estou pensando e ir em isla de Margarita como vc , mas tenho 2 crianças de 5 anos e outra de 10 anos , como vc esteve lá acha o local apropriado para levar crianças

    Curtir

    • Olá, Huberman. Estou bem, e você?
      Vá sim a Margarita! E pode levar as crianças! Elas vão amar!
      Sim, praia sempre é apropriada para crianças, só tomar os cuidados normais com segurança: boias, vigilância constantes, etc.
      O hotel onde me hospedei tinha muitas atrações para crianças, piscinas, e animadores o dia todo. Eu recomendo!
      Abraços, Cris.

      Curtir

  2. Olá minha xará! Também sou Cris! Então, moro em Manaus e estou pretendendo ir agora no fim de novembro de carro. Já fui até Santa Elena de Uáiren, mas apartir de lá devo ir para onde? Quais cuidados devo tomar? Quais procedimentos devo seguir? Em relação à documentação (passageiro-motorista), o que é preciso?
    Mande-me um email, please!!!
    crisalmeidaam@hotmail.com

    Curtir

    • Olá, Cris, quase-xará! (Meu Cris é de Cristiane, mas está valendo!)
      Olha, nunca fui de carro pra Venezuela, só de ônibus. Mas imagino que quanto a documentação, é a mesma para quem vai de ônibus (RG atual e/ou passaporte, carteira internacional de vacinação), incluindo CNH (a brasileira vale na América do Sul) e documento do carro.
      De Santa Elena de Uárien você deve continuar pro norte. O próprio Google Maps te dá o mapa, se você pedir pra fazer a rota lá.
      Há muitas paradas de guardas para checar documentos. Mas não há perigo com segurança em relação a eles não.
      Cuidado com o tempo de viagem que é bem longo. Então é bom vocês programarem uma parada para dormir e paradas para o motorista descansar e esticar as pernas a cada 3-4 horas. É bom ter mais de um motorista para revesar.
      Beijo, Cris.

      Curtir

    • Olá, Luciane. Tudo bem?
      Do Rio, você pode ir pra Boa Vista ou pra Caracas, e de um desses lugares pegar os outros vôos, conforme já expliquei em comentários mais acima. ;)
      Bj, Cris.

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s