Aberta a temporada de esqui no Chile – dicas!

ski
Parece que o inverno chegou com tudo lá nos Andes esse ano. No último final de semana as principais estações de esqui no Chile anteciparam sua temporada. Depois de morar em Santiago, percebi que o turismo na capital chilena depende (e muito) dos brasileiros que desembarcam lá em busca de neve e vinho. Sobre o vinho, falarei em breve. Hoje a dica é sobre o esporte de inverno mais procurado pelos brazucas nos últimos anos. ¡Vamos todos a las montañas!


Onde se hospedar? Na estação ou na cidade?

Depende do tempo disponível e da vontade de esquiar. Para aproveitar melhor os dias de esqui, eu recomendo que você fique hospedado na própria estação. As principais estações ficam praticamente dentro da cidade, mas o caminho até lá é bem cansativo. A subida conta com aproximadamente 40 curvas estreitas, bem fechadas e com pouca (ou quase nenhuma) sinalização. Eu não sou de enjoar muito, mas sempre que subia ou descia, ficava bem mareada. Se você não pegar muito transito, vai levar cerca de 1h30 até chegar a última estação Valle Nevado. Porém, em alta temporada as estradas ficam bastante congestionadas e você pode demorar bem mais.

Lá em cima, os preços variam bastante. Geralmente os hotéis das estações fecham um pacote de no mínimo 7 dias e os valores são bem salgados. A vantagem? Esses preços normalmente já incluem os tickets de acesso às pistas e, claro, o conforto de acordar com o pé na neve.

Outra opção são os bangalôs ou apartamentos para alugar. Em geral, eles ficam nos arredores da estação. Neste site, algumas opções.

Se você quer economizar ainda mais e não se importa com o deslocamento, as diárias em Santiago são bem mais em conta. Se possível, hospede-se no bairro de Las Condes, você vai estar bem pertinho da subida da montanha.

Quanto tempo ficar?
esqui-chile
Essa pergunta é muito subjetiva. Depende do objetivo principal da sua viagem. Se você quer conhecer Santiago, mas também quer dar os primeiros passos em um esqui ou snow, eu recomendo um mínimo de 5 dias completos (3 de ski e 2 em Santiago).

No 1º dia, vale a pena fazer uma aula com as noções básicas. Ficar em pé e andar alguns metros são tarefas fáceis. O problema é parar! (rs) Foque nisso no primeiro dia para evitar cenas como a da foto ao lado. No 2º dia você vai aperfeiçoando a técnica de cair (brincadeirinha) começa a conseguir parar em pé. No 3º dia, a brincadeira começa e você pode aproveitar ainda mais.

As dicas com os passeios e tours por Santiago fica um próximo post, ok?


Qual a melhor estação?

Dentro da cidade, existem 4 estações que ficam no mesmo caminho.

Valle Nevado – É a mais famosa e também a mais cara. As pistas são mais íngremes e o paraíso para quem já é fera no esqui. Mesmo que você não se hospede lá, vale a pena subir só pra conhecer, a vista é bem bacana.

valle nevado

La Parva, El Colorado, Farellones – são 3 estações que ficam próximas. La Parva é a primeira da subida. Não possui hotel, apenas apartamentos ou bangalôs para alugar. El Colorado é aquela com melhor infraestrutura de hospedagem, restaurantes. Farellones é uma das estações mais antigas de esqui na América, mas assim como La Parva, não conta com muitas opções de hospedagem e lazer. As pistas das 3 estações são integradas e você usar o teleférico pode se movimentar entre elas.

el colorado

Um pouco mais distante da capital, a cerca de 2 horas de Santiago, está Portillo. Eu nunca esquiei lá, mas deu vontade! O visual é divino. A estação é pequena, mas o hotel conta com uma excelente infraestrutura. Dá uma olhada na piscina bem em frente ao lago.

Portillo

Dicas preciosas:

1) Aluguel de roupa e equipamento. Na estação você pode encontrar, mas vale a pena dar uma pesquisada nas lojas de esqui da Av. Las Condes. São várias ao longo da avenida. Pode negociar e chorar. Eles já estão acostumados com a “negociação brasileira”.

2) Se você não estiver hospedado nas estações, leve algo para comer e beber ao longo do dia. Na alta temporada as estações lotam e acabam não dando conta de tanta gente. Você pode ser obrigado a esperar horas para almoçar ou simplesmente tomar um café.

3) Para evitar o transito e essa lotação, tente ir durante a semana. Ainda é cheio mesmo assim, mas nos finais de semana é a filial do inferno. Acredite em mim.

4) Pesquise e compare os preços entre as opções de cada estação. Muitas vezes eles trabalham com “combos” do tipo Day pass + equipamento + aula.

5) Se você for subir ao Valle Nevado (ou nas estações anteriores), fique esperto com o horário de acesso às estradas. Para fluir melhor o trânsito, eles fecham um sentido da pista em um determinado período do dia. Ou seja, as vezes você só pode subir ou descer a montanha. Entre no site da estação e informe-se.

Uma opinião sobre “Aberta a temporada de esqui no Chile – dicas!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s