Morando na Austrália – por Juliana Leal

juliana_facebookA Juliana Leal, amiga da Cris, é nossa convidada na Seção “Brasileiros pelo Mundo” e nos conta como foi se mudar do Brasil pra Sydney, na Austrália.

1 – Como/Por que vc foi parar na Austrália?

A decisão veio da necessidade de dar um break na rotina. Apos vários anos trabalhando e estudando ao mesmo tempo, surgiu a necessidade de mudar de ares. Junto com meu atual marido – na época namorado – resolvemos largar tudo e vir estudar na Austrália e conhecer as coisas como eram aqui. Ele sempre quis sair do Brasil e ir morar em um país de primeiro mundo, enquanto eu não tinha tanta certeza, mas estava disposta a embarcar na aventura. E foi assim que no final de 2009 chegamos em Sydney para estudar Inglês.

Sydney

Sydney, Austrália

2 – O que foi mais difícil na adaptação?

Tanta coisa foi difícil. Ouvir o mundo ao seu redor em Inglês e não entender nada acho que foi o primeiro ponto. A gente estuda Inglês no Brasil, escuta música em Inglês e acha que sabe, mas quando chegamos aqui os sotaques e as gírias foram um grande impacto. Leva tempo pra se acostumar. Fora que aqui a referencia é o Inglês Britânico e não o Americano, que é o mais próximo da gente aí no Brasil.

Ter que explicar toda hora que sou do Brasil e a origem da minha família. Como Sydney é um país multicultural, perguntar onde você nasceu e qual a descendência de sua família são tão normais quanto qual o seu nome. Como no Brasil isso não acontece, parece meio estranho no início.

 3 – Quais são os top 3 programas imperdíveis em Sydney?

Acho que isso depende do que cada um gosta mais. Eu particularmente não sou muito de praia, então acho que as coisas mais imperdíveis são o Opera House, Sydney Eye Tower e Darling Harbour. Esses são todos em Sydney e imperdíveis. Em Darling Harbour tem o IMAX que é o cinema com a maior tela 3D do mundo, fora um dos poucos Lindt café espalhados pelo mundo.

Mas tem tanta coisa bacana que daria pra fazer uma lista enorme das coisas imperdíveis… o Floriart, uma exposição de flores que acontece em Canberra na primavera é lindo, o  Museu Nacional também em Canberra, a barreira de corais em Cairns Queensland e por aí vai.

Watsons Bay e Floriart em Canberra

Watsons Bay em Sydney, e Floriart em Canberra

4 – Cite 3 características de um típico “morador de Sydney”?

Assim como no Brasil, na Austrália existem diferenças bem grandes entre os estados. Mas acho que em geral, o que não pode faltar é:

  • Falar “mate” em quase todas as palavras. Mate é o “dude” australiano.
  • Abreviar quase todas as palavras de forma que você não entenda nada se não for um deles. Exemplo: afternoon = arvo, barbeque= barbie
  • Adorar um churrasco com bastante carne de porco e cerveja, de preferência assistindo ao futebol deles aqui.
"Aqui tem mais canguru e ovelha do que gente, então nada mais justo que a homenagem com uma super estátua." Juliana Leal

“Aqui tem mais canguru e ovelha do que gente, então nada mais justo que a homenagem com uma super estátua.” Juliana Leal

5 – Você pensa em voltar para o Brasil? Por que?

"O green taxi ilustra a preocupacao com meio ambiente aqui." Juliana Leal

“O green taxi ilustra a preocupacao com meio ambiente aqui.” Juliana Leal

Não, já estamos ficando por aqui mesmo. É sempre fácil se acostumar com coisa boa, né? E quando você entende o que é um pais seguro, com excelente infraestrutura e boas oportunidades, como é que faz pra voltar? Não dá.

Tenho o privilégio de usar trem todos os dias pra ir trabalhar por opção. Assim ajudo o meio ambiente, economizo e ganho tempo pra ler, ouvir música, dormir… Infraestrutura se reverte em qualidade de vida pra população. Ao invés de ter que dirigir, causar e pegar trânsito, aproveito meu tempo de transporte como lazer.

Sair a qualquer hora do dia ou da noite sem preocupação deveria ser tão natural aí no Brasil como é aqui.

Aqui se preza pela qualidade de vida, as pessoas não vivem pra trabalhar. Trabalham o necessário e vivem melhor. Então, mesmo passando uma saudade muito grande da família e amigos, não volto não. Só pra visitar.

 6- Do que vc sente mais falta/saudade no Brasil?

Minha família e amigos. Conheci pessoas maravilhosas aqui, mas dá uma saudade danada das pessoas que fazem parte da sua vida desde muito tempo. Falo com minha mãe no Skype sempre que posso. Troco e-mails e mensagens com amigas e marcamos vez ou outra um bate papo com vídeo. Isso tudo ajuda, mas ainda assim a saudade é muita!

A comida também é motivo de saudade. Com o tempo vamos aprendendo a substituir o que não tem, e também tem mais produtos sendo importados o que ajuda.

Sydney, Austrália

Sydney, Austrália

Não dá uma vontade de conhecer Sydney e a Austrália? Ju, me aguarde que assim que der eu vou te visitar no seu novo país!

2 opiniões sobre “Morando na Austrália – por Juliana Leal

    • Oi Eline, que bom que você gostou 🙂
      Então, existem formas diferentes de se conseguir o visto aqui e tudo depende de qual sua profissão, experiência de trabalho e o quão a Australia precisa de profissionais na sua área.
      No meu caso, eu tinha curso técnico e faculdade na área de ciências, mais bons anos de experiência na área no Brasil, e a área estava carente de profissionais aqui. Ralei baatante pra achar emprego, mas quando consegui, a empresa me deu o visto de trabalho, se responsabilizando legalmente por mim. Foi por conta desse visto de Sponsor como e chamado aqui, que eu apliquei pra residência.
      Tem muitos casos de pessoas que aplicam direto sem esse Sponsor, porém cada tipo de visto tem uma lista de profissões que podem ser aplicadas que são atualizadas todo ano. Você tanto pode estar aqui ou aplicar de outro pais pra esse visto direto. Eu contratei o serviço de um advogado de imigração aqui pra me guiar no processo, já que eu não queria problemas.
      Fácil nunca e, mas acho que quando a gente realmente quer e está disposto a enfrentar dificuldades as coisas podem dar certo. Ser estudante e trabalhar aqui não e moleza não, e na minha experiência e nessa fase que as pessoas mais desistem, principalmente se não investirem bem no inglês.
      Espero ter ajudado. Qualquer coisa mande mais perguntas. 🙂

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s