Morando em Santiago do Chile – Por Camila de Hollanda

camila2Eu conheci a Camila na época em que morei em Santiago. Foi um dos bons encontros por lá e fico super feliz em compartilhar um pouco da história dela!

Como/Por que vc foi parar no Chile, Camila?

Eu conheci e me casei com um chileno. Moramos nos EUA por 2 anos e depois disso voltamos ao Brasil (SP) onde estava a empresa que me mandou aos EUA nesse período. Apesar de falar português, meu marido é jornalista e os conhecimentos da língua não eram suficientes para trabalhar na sua área. Então decidimos vir ao Chile.

O que foi mais difícil na adaptação?

A adaptação foi complicada no primeiro ano. O chileno é mais fechado, resguardado, desconfiado e, sem falar o espanhol, foi difícil me relacionar com eles. Além disso, Santiago peca no atendimento ao cliente (até hoje sofro com isso). Falta profissionalismo e conseguir uma atenção é uma tarefa impossível – antedimento nas lojas, nos restaurantes, etc. É tudo ao ritmo deles e se você quiser, que espere. Mas isso vem melhorando.

Quais são os top 3 programas imperdíveis em Santiago?

Santiago tem muito verde e por isso eu recomendo o Parque Bicentenário, o Cerro San Cristobal e também um passeio ao Mall Sport.

Comentários da Chris: Esses passeios que a Camila indicou são realmente imperdíveis. O Parque Bicentenário é um dos parques mais novos de Santiago e um ótimo lugar pra levar a família e os cachorros. O Cerro San Cristobal fica em Bella Vista e é lá que você encontra a vista mais bonita da cidade e das cordilheiras. Já o Mall Sport é um incrível shopping com lojas de esportes e lazer. Você encontra desde artigos para canoagem até itens de camping. Na área externa, uma piscina de ondas artificais onde a garotada aprende a surfar.

camila3

Cite 3 características de um típico “morador de Santiago”?

1- Estressado no trânsito (mesmo sem conhecer o trânsito de SP que ainda é pior que o daqui. Só não sei ate quando). 2 – “Bicicleteiro” – basta melhorar o tempo que todo mundo sai de bicicleta. 3 – Apaixonado por um churrasco (asado em castellano), qualquer coisa é motivo para un “asadito”.

Você pensa em voltar para o Brasil? Por que?

Não penso em voltar para o Brasil, por muitas razões: trânsito, falta de segurança, custo de vida muito alto e corrupção. Infelizmente o Brasil se tornou um país inviável. Nasci e morei em São Paulo até os 29 anos e obviamente que, apesar dos problemas, conseguimos viver e bem (mesmo com o medo latente), mas se tenho a opção de estar num país melhor, não vejo porque voltar.

Foto do arquivo pessoal da Camila

camila1

Do que vc sente mais falta/saudade no Brasil?

Sinto saudades de muitas coisas: familia, amigos, comida (principalmente as frutas) e de pequenos detalhes como: sentir uma chuva de verão num domingo a tarde, caminhar pelo bairro até o supermercado. São muitas coisas das quais sinto falta, mas a maioria está guardada na memória, provoca momentos de nostalgia, mas ao mesmo tempo “mata” um pouco as saudades do Brasil.

2 opiniões sobre “Morando em Santiago do Chile – Por Camila de Hollanda

    • Olá, Virgínia. Tudo bem?
      Olha, se mudar para um país já implica em aprender a lingua local para atividades rotineiras. Caso vocês não falem espanhol, recomendo que a 1ª coisa a se fazer é um curso dessa língua.
      Agora, para trabalhar no Chile, principalmente com jornalismo, imagino que o espanhol fluente seja altamente necessário.

      Abs, Cris

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s