Cancun além dos resorts – Chichén Itzá

DSC04874Se dependesse do maridão a gente ficaria os 7 dias no hotel. Não que fosse uma má idéia. Da piscina para o bar. Do bar para a praia. Da praia de volta pra piscina. Vida dura.

Mas Cancun tem muito mais a oferecer do que seus belíssimos resorts. Montamos então um planejamento equilibrado. Alguns dias de passeio full day, outros só meio período e mais 2 dias para relaxar e curtir só o hotel.

Demos preferências aos passeios mais “naturais”, digamos assim. Tentei fugir ao máximo dos parques temáticos, a ideia era experimentar a natureza na sua forma mais “selvagem” possível.

Chichen Iza

Um passeio dedicado a explorar e entender a cultura Maia. Realmente impressionante e vale muito a pena!

O dia começou com uma visita ao Cenote Suyntun. Cenotes são “cavernas com depósito de água”. Conta a história que o Cenote Suyntun é o cenote cerimonial mais importante, pois seus habitantes dedicaram-no à Deusa Xchel (Deusa da Beleza e Fertilidade) e à Yum Kaay (Deus do milho e das plantas medicinais). Reza a lenda que quem banhar-se nesse cenote, rejuvenesce 10 anos. Fui com tudo! (rs)

O lugar é realmente lindo! Pela pequena abertura no “teto” da caverna entra alguma (pouca) iluminação, o que deixa o lugar ainda mais mágico. Na mesma região (Yucatán) existem outros cenotes belíssimos que não chegamos a conhecer.

cancun

cancun1

A parada para o almoço foi no restaurante Pueblo Maya, já bem perto do complexo arqueológico. Comida simples, nada de muito diferente. A atração do lugar fica por conta da feira de artesanatos Maia. Uma mistura de cores e formas vibrantes que eu amei. Infelizmente alí é um comércio mais “caça-turistas-cheios-de-dólares” e os preços são bem salgadinhos.

cancun2

Devidamente alimentados, enfim chegamos a Chichén Itzá. Um pouco de história:

Chichén Itzá é uma cidade arqueológica maia que funcionou como centro político e econômico da civilização maia. As várias estruturas podem ainda hoje ser admiradas e são demonstrativas de um extraordinário compromisso para com a composição e espaço arquitetónico. O nome Chichén-Itzá tem raiz maia e significa “pessoas que vivem na beira da água”. Estima-se que Chichén-Itzá foi fundada por volta dos anos 435 e 455 a.C. Foi declarada Património Mundial da Unesco em 1988. (wikipedia)

O lugar realmente impressiona. A pirâmide de Kukulcán é a estrutura mais imponente do local. Nas suas 4 faces, escadarias que somam um total de 365 degraus. Antigamente era possível subir e até entrar nela. No topo, um templo dedicado ao deus maia Kukulcán.

cancun3

Atrás da pirâmide, a Praça das Mil Colunas. Antigamente era uma espécie de feira/mercado da cidade maia.

cancun4

Outra estrutura que me impressionou bastante foi o Campo de Jogos dos Prisioneiros. Um esporte com aspectos rituais era praticado ali. Uma espécie de Handball, onde a bola não podia cair no chão e os toques só podiam ser feitos com ombros e quadris.

cancun5

Dicas:

– O lugar é bastante quente e seco (mesmo!). Leve água, boné e até um salzinho para o caso da pressão cair.
– Leve uma mochila com roupa seca e toalha, para se trocar após um mergulho nos Cenotes.
– Nem todo lugar aceita dólares, é bom trocar alguns por moeda local (peso mexicano).
– Chichén Itzá está a 200km de Cancun. Nós fechamos um passeio que incluía transporte, guia e alimentação. Mas se você tiver todas as informações, eu também acho uma boa ideia alugar um carro. Você acaba ficando mais livre.

Aguarde os próximos posts com os outros passeios em Cancun!

Leia mais:
Por que Cancun?
Isla Margarita, Venezuela
Hotel em Isla Margarita: Portofino Complex All Inclusive Resort

Uma opinião sobre “Cancun além dos resorts – Chichén Itzá

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s