Cidade Murada de Cartagena e arredores

P1280699-2

Veja aqui o post inicial sobre Cartagena, com todo o roteiro e dicas desse incrível destino.

Descansados, acordamos tarde no nosso 1º dia em Cartagena. Curtimos o café-da-manhã regional no maravilhoso Hotel Alfiz, e nos organizamos para conhecer a cidade murada. Descobrimos que era feriado na cidade e os museus e muitos estabelecimentos estavam fechados. Dá pra fazer tudo a pé, as atrações são pertinho uma das outras e não é necessário um guia. Consiga apenas um bom mapa no seu hotel ou loja de souvenir. Seguimos o seguinte roteiro durante dois dias:

Dia 2:

  • Porta do Relógio, entrada principal da cidade murada, na Plaza de los Coches
  • Ver, comer e comprar: Portal de los Dulces
Porta do Relógio e Portal dos Dulces

Porta do Relógio e Portal de los Dulces

A Gorda, de Botero

A Gorda, de Botero

  • Plaza de la Aduana
  • Igreja e Convento San Pedro Claver, na Praça San Pedro
  • Museu Naval e réplica da Índia Catalina
  • Hotel Charleston, antigo Convento de Santa Teresa (construído no século XVII)
  • Plaza Santo Domingo, Igreja e Convento de Santo Domingo (A mais antiga de Cartagena, começou a ser construída em 1551), e escultura A Gorda, de Fernando Botero
  • Almoço no restaurante Candé
  • Catedral de Cartagena (que começou a ser construída em 1575)
  • Parque Bolívar (Plaza Simon Bolívar)
  • Museu do Ouro
  • Museu da Inquisição
Las Bóvedas, em um passeio sobre as muralhas no final da tarde

Las Bóvedas, em um passeio sobre as muralhas no final da tarde

Voltamos para a Torre do Relógio e fomos andando beirando as muralhas. Nesse trecho, paralelo a Avenida Venezuela, há uma parte sem muro. Ali, fica o mercado Êxito, onde compramos refrigerantes locais e água. Prosseguimos:

  • Estátua da Índia Catalina
  • Passeio pelas muralhas e seus baluartes no final da tarde
  • Arcadas de Las Bóvedas, com seu mercado de artesanato que vale olhar
  • Convento de Santa Clara (atual Hotel Sofitel)
  • Plaza San Diego
  • Para refrescar o final do dia, sorvete na Gelateria Paradiso

P1280764-2Deu pra ver que fizemos praticamente toda a cidade murada em 1 dia só, acordando tarde e andando tranquilamente, né? Vimos também as Palenqueiras, mulheres vestidas com roupas típicas coloridas que vendem frutas, que ficam por vários pontos da cidade, principalmente nas praças. Além da linda arquitetura com sacadas floridas e as altas portas de madeira com puxadores divertidos. Jantamos no Bohemia, restaurante do Hotel El Marquez. Mas vou falar das comidas e restaurantes em um post separado 😉

Dia 3: De manhã voltamos nos museus que não pudemos entrar no dia anterior, por causa do feriado. Demos sorte de ver a Catedral aberta, e entramos no Museu do Ouro, muito interessante! Procuramos o Museu da Esmeralda, mas ele fechou. Almoçamos no Restaurante La Vitrola. Depois, uma parada em mais uma sorveteria maravilhosa para a sobremesa: La Paletteria.

Chiva, na parada na praia de Bocagrande

Chiva, na parada na praia de Bocagrande

A tarde Fizemos o passeio de chiva, um veículo parecido com ônibus, todo colorido e com laterais abertas sem vidros. Ele faz um tour pela cidade, e sai todos os dias da Torre do Relógio entre 13h30 e 14h. O passeio passa por Bocagrande (um bairro moderno e com praia), pelos Zapatos Viejos (Sapatos velhos, escultura em frente ao Castelo), pelo Convento de La Popa (com uma linda vista da cidade), pelo Castelo de San Felipe de Barajas (muito legal, boa vista, história, e muitos túneis claustrofóbicos, rsrs) e termina nas Bóvedas, dentro das muralhas. Em todos os pontos há paradas, todos descem e andam juntos, com o guia contando a história dos locais. Custou 45.000 COP por pessoa.

Paradas do passeio de chiva: Zapatos Viejos, Convento de La Popa e Castelo de San Felipe de Barajas

Paradas do passeio de chiva: Zapatos Viejos, Convento de La Popa e Castelo de San Felipe de Barajas

Das Bóvedas, deixamos o grupo e fomos andando para ver o Pôr-do-sol no Bar Café del Mar, nas muralhas, com um petisco e cerveja local.

Jantamos na Pizzaria La Diva. Depois, sobremesa no Crepes & Waffles. Hummmm… delícia!

Leia também:

2 opiniões sobre “Cidade Murada de Cartagena e arredores

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s