Viajando pela América do Sul: roteiros

bandeirasAcabamos de retornar do nosso Mochilão pela América do Sul. Foram 29 dias, passando por 4 países (Peru, Bolívia, Chile e Argentina) e muitas cidades. Utilizamos diversos meios de transporte, como avião, trem, ônibus, carro alugado, transfers, cruzeiro… Toda vez que uma longa viagem possui muitos deslocamentos, ela fica cansativa, mas mesmo assim foi maravilhosa!!!

Resumindo muito: amei a culinária e o atendimento peruanos, o vinho e a diversidade de paisagens do Chile. Pontos altos: Machu Picchu, vinícolas de Santiago, Torres del Paine, cruzeiro pela Terra do Fogo. Pontos baixos: a pobreza e condições extremas sem infra-estrutura da Bolívia.

Seguimos o roteiro pré-estabelecido no planejamento, que deu tanto trabalho para montar! Apenas alguns hotéis foram escolhidos durante a viagem e quase não conseguimos vagas. Portanto, foi bom ter feito a reserva de quase todos os hotéis pelo Booking previamente. Fica a dica! 😉 Recomendo a sequência e ordem que seguimos, só alteraria o tempo em alguns locais, como direi abaixo.

Mapa com roteiro, feito no Google Maps antigo (ainda não troco por nada! rs)

Mapa com roteiro, feito no Google Maps antigo (ainda não troco por nada! rs)

Descrição do roteiro (vou linkando os posts conforme escrever):

  1. Peru (dicas)

2. Bolívia

  • Considerações sobre a Bolívia: só vá se tiver muito espírito aventureiro e coração aberto. Prepare-se para a pobreza e turismo sem infra-estrutura em ambientes extremos de frio, baixa umidade e altitude. Eu adorei conhecer, por me proporcionar experiências e vivências como nunca tive em nenhum lugar. Mas é perrengue.
  • Dias 6 e 7 – Copacabana e a Ilha do Sol
  • Dia 7 – Ônibus + balsa para La Paz
  • Dias 8 e 9 – Roteiro em La Paz, capital da Bolívia, e ruínas Incas
  • Dia 10 – Voo de La Paz para Uyuni
  • Dias 10, 11 e 12 – Passeio de 3 dias e 2 noites em Uyuni (com frio, altitudes absurdas e umidade 0% em uma paisagem de tirar mais ainda o fôlego) – alterações: considere conhecer apenas o Deserto do Atacama no Chile, com paisagens muito semelhantes, condições climáticas e de altitude bem melhores e infra-estrutura absurdamente melhor

3. Chile de norte a sul

  • Dias 12, 13, 14 e 15 – Deserto do Atacama – alterações: passeios muito repetidos em relação a Uyuni. Melhor escolher apenas 1 dos lugares (Atacama! rs)
  • Dia 15 – Voo do Atacama/Calama para Santiago
  • Dias 16, 17 e 18 – Roteiro em Santiago e as Festas Pátrias
  • Dia 18 – Pernoite em alto estilo em ônibus de Santiago para Pucón
  • Dia 19 – Dia perdido em Pucón: quando a Hertz não entrega o carro alugado e estraga seu dia – alterações: feche previamente um full day em Pucón com uma agência local, porque na verdade não há locadora de carros na cidade. Melhor passar 1 dia completo na cidade, com dormida antes e depois, para melhor aproveitar o full day.
  • Dia 19 ainda não acabou – Sem carro, a difícil tarefa de sair de Pucón e chegar em Puerto Varas, com baldeações de ônibus
  • Dia 20 – Roteiro em Puerto Varas – alterações: colocaria mais 1 dia em Puerto Varas
  • Dia 21 – Transfer de Puerto Varas para Puerto Montt e voo para Punta Arenas. Roteiro da tarde em Punta Arenas
  • Dia 22 – Aluguel de carro e ida para Torres del Paine: como quase não chegar! – alterações: colocaria mais 1 dia para dirigir até Puerto Natales, dormir, e sair no 2º dia bem cedo, tanque cheio e bem devagar para Torres del Paine
  • Dia 23 – Torres del Paine
  • Dia 24 – Regressando para Punta Arenas. Embarque no Cruzeiro Australis.
  • Dias 24, 25, 26, 27 e 28 – 5 dias e 4 noites no Cruzeiro Australis pela Patagônia, Terra do Fogo e Fim do Mundo, revivendo o caminho do navio Beagle com Charles Darwin

4. Argentina

  • Dia 28 – Breves momentos em Ushuaia
  • Dias 28 e 29 – Buenos Aires: escala estendida

Aguardem que já já vou publicando os roteiros um por um 😉

Leia também:

24 opiniões sobre “Viajando pela América do Sul: roteiros

  1. Ola ! Parabens pelas dicas , muito bem detalhadas!
    Queria saber se ao chegar em Puno , um dia foi necessario para o passeio da Ilha de Uros , e tambem pelo que li nao pernoitou na cidade, queria saber se carregou com voce sua mochila durante o dia ou deixou em algum lugar para curtir o passeio. Terei poucos dias no meu roteiro , estou pensando seriamente em cortar Copacabana e ir direto de Puno pra La paz..
    Desde- ja obrigada!
    Cristiane

    Curtir

    • Olá, xará! Tudo bem?
      Sim, um dia foi suficiente para conhecer Puno e não foi preciso dormir no local. Na verdade, como chegamos às 5h da manhã, dormimos na rodoviária (no 2º andar há um hotelzinho que aluga quartos e estávamos tão cansados que 3 horinhas nos deram um levante necessário).
      Fechamos o passeio (de meio dia) a ilha de Uros numa agência da rodoviária e deixamos as mochilas com eles. Tb fechamos com eles o ônibus para Copacabana, saindo logo depois do almoço (umas 14h, se bem me lembro).
      Se for pra contar um dos 2, melhor cortar Puno que Copacabana. Puno não tem estrutura nenhuma, é uma cidade feia e só tem mesmo a ilha de Uros. Que foi interessante, mas nem de longe um dos pontos altos da viagem. Na verdade, na verdade… Puno, Copacabana e La Paz foram os lugares onde nos sentimos menos seguros. Valeu ter conhecido, mas não voltaria. E recomendo fazer essas cidades com agências de turismo, além de não ficar na rua a noite.
      Muito cuidado com a água da Bolívia, passamos mal a viagem toda pq não há água mineral em nenhum lugar, apenas as “águas de mesa” engarrafadas. Se tiver como levar água mineral do Peru para a Bolívia, faça isso. E enxugue os dias no Bolívia para fazer a água durar, ou beba cerveja e refrigerante, ok? Nada de alimentos crus (saladas). Perdemos 2 dias de passeios passando mal no hotel.
      Qualquer outra duvida, pode perguntar. Ainda não terminei de escrever esse roteiro, por conta de outras viagens e afazeres, mas vou tentar adiantar. 😉
      Beijo, Cris.

      Curtir

  2. Boa tarde,
    Gostei muito do roteiro. Estou pensando em viajar com meus filhos (14 anos e 11 anos) pela América do Sul, passando pelo Peru, Chile e Argentina. Será que eles vão gostar? Vale a pensa incluir a Bolívia? Tem alguma sugestão de lugares imperdíveis pois estou começando a pesquisar para compor meu roteiro. Desde já obrigada e parabéns.

    Curtir

    • Olá, Marza. Tudo bem?
      Olha, depende de como são seus filhos, do que eles curtem. Mas têm tudo para gostarem sim. Peru, Chile e Argentina possuem roteiros para todos os gostos.
      Não sei se eu incluiria Bolívia com eles não. Bolívia com criança em sem perrengues, só se você desembolsar uma grana alta para roteiros de agências de turismo.
      De forma geral, no Peru são imperdíveis: Lima, Cusco e Machu Picchu. Cusco antes de Machu Picchu e pelo menos por 3 dias para aclimatar a altitude e nenhum dos filhos passar mal, ok? Se tiver mais tempo, talvez valha ver o litoral e a Amazônia.
      O Chile é enorme e tem tantas coisas lindas e diferentes, mas os imperdíveis seriam o Atacama, Santiago, esqui saindo de Santiago, Puerto Varas, Torres del Paine, um cruzeiro pela Patagônia/Terra do Fogo/Fim do Mundo.
      A Argentina também tem muitas opções, algumas delas são Buenos Aires, esqui em Bariloche, El Chaten e El Calafate, Ushuaia.
      Vou tentar retomar os posts desse roteiro da América do Sul, parei de escrever ainda no Peru por conta de outras viagens e trabalho. Mas vou me engajar nisso.
      Obrigada pela visita e pelo comentário, e vamos nos falando. Estou à disposição pro que puder ajudar.
      Beijo, Cris.

      Curtir

    • Olá, Carina. Tudo bem?
      Olha, é uma opinião muito pessoal, mas vou tentar te dar opções. Quem mais quiser/puder contribuir, deixe comentários também.
      Com 12 dias, eu faria apenas o Chile, que é enorme e com muitas opções bárbaras. (Realmente amei o Chile e pretendo voltar muitas e muitas vezes)
      Mas se sua intenção é visitar vários países, vc pode partir de Foz, passando pelo Paraguai (eu só conheço, e sugiro, Ciudad del Leste, Caacupe, Itaugua e Assunção – imagino que em 3 dias dê para fazer), pela Argentina (sugiro Mendoza – região vinícola e com a estação de esqui Los Penitentes bem próxima – também 3 dias dá pra fazer), e Chile (Santiago e arredores, talvez incluir o deserto do Atacama). Acho que mais que isso vai ficar absurdamente corrido para 12 dias. Mas já é uma mega viagem legal!
      E vai depender bastante de como você fará os deslocamentos. Se puder encaixar alguns voos, vai dinamizar.

      Quanto ao Peru, 6 dias são o mínimo que recomendo para fazer o país. Machu Picchu é divino, mas necessita de um tempo de aclimatação a altura em Cusco antes, e não conhecer Lima seria um desperdício! Então se quiser muito ir no Peru, já gasta a metade do seu tempo, e aí tem que selecionar seus outros destinos. 😉

      Espero ter te ajudado.

      Abraços, Cris.

      Curtir

  3. Oi, Cris !! Minha intenção seria Paraguai, Argentina apenas Buenos Aires, Peru Machu Picchu e Cusco e Chile apenas Santiago. Começando por Foz do Iguacu, como me aconselham fazer?

    Curtir

    • Oi, Carina.
      Acho que Buenos Aires fica bem fora de rota. Mas se vc fizer esse roteiro voando sempre, tudo bem.
      Faz então Foz – Paraguai – Buenos Aires – Santiago e por ultimo o Peru.

      Curtir

    • Olá, Celso. Tudo bem?
      Que super viagem, hein! Você vai curtir muito.
      Mas, sem saber o tempo e suas preferências, fica difícil dar sugestões.
      Aproveite os posts do PGM sobre a América do Sul e Central para lhe dar ideias para sua viagem!
      Abração

      Curtir

  4. Cris, VC pode me manda seu e mail? Gostaria de enviar meu roteiro, que foi todo baseado no seu kkkk, só cortei a Bolívia kkkk, queria muito sua ajuada, pois será meu primeiro mochilåo, qualquer coisa me add no whatsapp (75) 92606388, desde já muito obrigado!

    Curtir

  5. Olá! Gostaria de saber se você tem alguma sugestão para uma viagem/mochilão de apenas 10 dias que envolva, no mínimo, uma visita à Machu Picchu e arredores. Seria muito complicado, devido ao curto prazo, irmos até o Atacama?

    Curtir

    • Oi, Bruno
      Acho uma viagem muito corrida para 10 dias, incluir Machu Picchu no Peru e Atacama no Chile.
      Você precisa ir pra Cusco e ficar pelo menos 2 dias para aclimatar antes de seguir para Machu Picchu, a viagem de trem leva meio-dia para ir, mais meio-dia para voltar. Por aí já foram pelo menos 4 dias. Eu não deixaria de ir a Lima, estando no Peru, põe mais 2 dias aí.
      Do Peru pro Chile, você teria que voar. Acho que tem que rolar escala em Santiago para ir pra Calama (cidade ao lado do Atacama com aeroporto). Já tem pelo menos 7 dias aí, só até chegar no Atacama. E te sobram 3 dias. Mas não vai poder parar em Santiago, só bate e volta mesmo. Vai ficar corrido, eu acho, e vai dar certo só se conseguir bater os horários e dias de voos.
      Mas se você conseguir (ou se rearrumar os destinos dessa trip), volta e conta pra gente, ok?
      Boa sorte.
      Abraço

      Curtir

  6. Oi Cris! Tudo bem? Muito legal todas suas dicas, tem ajudado muito! Muito obrigada 🙂
    Posso tirar uma dúvida?
    Na parte do Chile e Argentina, vi que você começou de cima do Chile e foi descendo, até ir pra Argentina. Achei muito legal e esse é um caminho que quero muito fazer, mas no meu caso, eu queria fazer ao contrário, indo de Buenos Aires e ai descendo a Argentina e depois subindo o Chile (para depois ir pro Peru e Bolívia).
    Você acha que é possível fazer esse caminho inverso? E você sabe me dizer se é possível fazer de ônibus?

    Muuuuuito obrigada Cris 🙂
    Que você possa viajar muito ainda e dividir tudo isso sempre 🙂

    Curtir

    • Olá, Katlen.
      Tudo bem sim, e você?
      Pode tirar muitas dúvidas! O que eu puder responder, estarei aqui para isso. 🙂
      Dá pra fazer o caminho inverso sim, da Argentina pro Chile. Inclusive, o cruzeiro que pegamos (Australis) faz tb o caminho inverso.
      Mas… fazer de ônibus… nem todos os trechos são possíveis. O sul do Chile-Argentina são cobertos de neve e são, na verdade, um amontoado de ilhas congeladas. Esse trecho, só de barco mesmo, ou de avião.
      Já o Chile do Centro pro norte, sim é super viável fazer de ônibus. As estradas são ótimas. Fizemos em alguns trechos.
      Não recomendo fazer a Bolívia de ônibus, as condições das estradas não são boas, as condições dos ônibus não são boas, e há frequentes greves com paralização/bloqueio das estradas. Fora que em altidude muito alta, as viagens podem ser bastante enjoativas.
      No Peru, a altitude e muitas montanhas tb tornam a viagem em ônibus bem difícil, enjoativa e não recomendada.

      Espero ter te ajudado. Pesquisei bastante sobre isso antes de definir como faria essa viagem.

      Beijocas e muuuitas viagens a todos nós! 😉 Obrigada pela visita e pelo carinho.

      Curtir

    • Ola, tudo bem sim, e com você?
      Então, eu viajei entre metade de setembro e inicio de outubro de 2014.
      Mas como eu disse no post, fui no período seco e peguei uma baita chuva em Machu Picchu. Então o clima é meio incerto mesmo. rs
      Boa sorte e boa viagem! Ah, não deixe de provar a maravilhosa culinária peruana!
      Beijo

      Curtir

  7. Oi Cris, tudo bem?
    primeiramente parabéns pelo blog.
    Aqui alguns pontos turisticos do Peru.
    Peru é muito grande com muitas alternativas para escolher, não há dúvida de que o atrativo mais importante no Peru é a visita a Machu Picchu, também não podemos deixar de visitar tanto Cusco e Vale Sagrado.Visitar Arequipa também vale a pena pelo seu valor arquitetônico e calor da cidade. Ir para as Ilhas Ballestas e apreciar a vida marinha, apreciar também as Linhas de Nazca. Passear por Lima e desfrutar da gostosa comida peruana.
    Estes são algumas das atrações a comentar, há muitos mais que o Peru tem para oferecer.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s