Um passeio por Lucerna, Suíça

IMG_4883Quase 2 anos morando na Suíça e vergonhosamente ainda conheço pouco do país. Depois de Zurique, Lausane, Berna e Interlaken, chegou a vez de visitar a charmosa Lucerna (Luzern, em alemão).

Luzern fica a 50km de Zurique, onde está o aeroporto mais próximo. Como quase toda cidade Suíça, o trem é uma opção confortável para chegar até lá. De Zurique, você leva aproximadamente 50min e desembolsa algo em torno de 28 francos (full ticket).

Como já temos mais uma viajante na família (minha baby Manuela, com pouco menos de 1 mês na época da viagem), decidimos alugar um carro e testar a primeira viagem da pequena. Lucerna conta com boas opções de transporte público, mas diferente de Basel, o ônibus é muito mais usado do que o tram (nosso famoso bonde). O trânsito acaba ficando um pouco mais caótico que o “normal” para os padrões suíços, mas nenhum drama para os padrões das grandes cidades brasileiras.

O lago Lucerna é a grande beleza natural da cidade. Ele cruza dois cantões (estados) suíços e tem cerca de 38km de comprimento. Vários passeios e esportes aquáticos são feitos, principalmente no verão. Ao longo do lago, montanhas também embelezam a paisagem principalmente durante o “branco” inverno suíço. Os montanhas mais altas e mais bonitas da Suíça estão há poucos quilômetros de Lucerne (Pilatus e Stanserhorn). A idéia era conhecer pelo menos uma delas, mas o tempo estava encoberto e, mesmo com poucas nuvens, o ideal é visitar as montanhas quando o dia estiver realmente bonito, pois os passeios tem preço bem salgadinho e há que se aproveitar ao máximo!

IMG_4846

Lago de Lucerna

Como o tempo não estava tão bom para conhecer os Alpes Suíços, nem tão quente para dar um tchibum no Lago, resolvemos então bater perna e conhecer a cidade.

Esse foi o roteirinho que fizemos no domingo, no dia seguinte a chegada em Lucerna. Se você quiser ver as atrações do primeiro dia, clique aqui.

A primeira parada foi, claro, na atração mais fotografada da Suíça, a simpática Kapellbrucke. A ponte de madeira foi construída em 1364 e dentro dela mais de 100 pinturas que contam a história da cidade. Essa torre aí no meio se chama Wasserturm e já foi prisão, centro de tortura, entre outras coisas.

IMG_4855

Kapellbrucke

Se você é daqueles que adora uma Igreja, bem alí perto tem a Jesuitenkirche de 1666, construída pelos jesuítas que chegaram em Lucerna fugidos da reforma religiosa.

A poucos metros da igreja uma outra ponte, cheia de charme e histórias. A Spreuerbrucke também é feita de madeira e dentro dela você encontra pinturas um tanto quanto “macabras” e intituladas como Dança da Morte.

Spreuerbrucke

Sprauerbrucke

As pinturas dentro da Ponte do Moinho (Sprauerbrucke)

As pinturas dentro da Ponte do Moinho (Sprauerbrucke)

Jesuitenkirche à esquerda e o Rio Reuss

Jesuitenkirche à esquerda e ao centro o Rio Reuss

Assim como muitas cidades na Europa, Lucerna tem um centro antigo super charmoso. Vale a pena um passeio pelas ruelas estreitas e conhecer as antigas construções com suas fachadas decoradas.

O que mais me impressionou em Lucerna foram as muralhas, herança de uma época em que era uma cidade murada. Ainda restaram 870 metros delas. Vale a pena uma visita, você pode subir e ter uma boa vista panorâmica da cidade. Ah! É de graça. Na entrada, um lugar para contribuições voluntárias para preservação do monumento. Um carrinho de bebê (e um bebê) nos impediram de subir as escadas, mas logo ali embaixo, perto do relógio, você encontra um lugar para fotos da cidade.

cópia de IMG_0398

Uma parte da antiga muralha

Em Lucerna só faltou conhecer o famoso Monumento do Leão. A figura de um leão esculpida diretamente na rocha é uma homenagem aos soldados suíços mortos em uma das batalhas da Revolução Francesa. Dizem que é bem bonito e vale a pena a visita. Para nós, o leão vai ficar pra próxima! O dia já tinha sido bem cheio e, com nossa pequena Manu, o ritmo do casal viajante ficou bem mais lento.

Imagem: Wikipedia.org

Imagem: Wikipedia.org

Dicas:

– em toda a Suíça o comércio fecha cedo e não abre aos domingos. Se no domingão você precisar de alguma comprinha, farmácia, etc. vá à Estação de Trem. Sempre tem um comércio aberto por lá.

– não esqueça de procurar pelo ticket SuperSaver  antes de comprar sua passagem de trem. Ele tem dia e hora marcada e pode sair por até 50% do valor cheio.

– Sempre vale a pena dar um pulo na Oficina de Turismo pra pegar um mapinha. Ela fica alí entre a Estação de Trem e a Kapellbrucke. Segue o endereço e telefone: Bahnhofstrasse 3 – tel.: 041 227 17 17.

Uma opinião sobre “Um passeio por Lucerna, Suíça

  1. é realmente muito bela essa Luzern estive ai em junho eu amei ,o cidade linda e cheirosa,lindos lugares eu estive no LEÃO lá é simplesmente demais ,um lugar para se meditar e refletir ,um lugar cheio de magia e tranquilidade eu amei ,lindo demais espero poder voltar. Suiça um belo país

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s