Aguas Calientes, acesso a Machu Picchu, no Peru

Machu Picchu

Aguas Calientes (conhecida também como Machu Picchu Pueblo) é a cidade onde fica a estação de trem, por onde chegam diariamente as centenas/milhares de turistas que vão visitar Machu Picchu vindos de Cusco. E onde também chegam os andarilhos que vem a pé pelo Valle Sagrado. A partir dela que se pega o ônibus ou a trilha para completar a viagem até a cidade sagrada dos Incas.

É uma cidade bem pequena. Se anda a pé por toda ela. Mas para chegar a Machu Picchu é uma bela e longa ladeira, então realmente recomendo usar o ônibus e deixar para se cansar na cidade dos Incas. Mas algumas pessoas se aventuram a subir a pé.

Aguas Calientes para Machu Picchu

Parte da subida de Aguas Calientes para Machu Picchu: trajeto feito de ônibus ou a pé (para os fortes)

tickets do ônibus de Aguas Calientes para Machu Picchu

tickets do ônibus de Aguas Calientes para Machu Picchu

Chegando em Aguas Calientes, deixamos nossa mochila no hotel (Hostal Imperio de los Inkas), almoçamos, compramos água (faça isso!) e fomos até o ponto do ônibus que sobe a todo momento para Machu Picchu. Fica em frente ao riozinho que corta a cidade. Compramos a passagem lá mesmo na hora (US$19). A passagem não tem hora marcada. Você tem que aguardar na fila sua vez. Há horários fixos dos ônibus, para subir e para descer. Se atente a isso e se programe, principalmente nos primeiros horários para subir e nos últimos para descer.

Ingressos para Machu Picchu: Comprei antecipadamente. Há um limite de 2.500 pessoas/dia no Parque. Se quiser fazer a trilha para Huaynapicchu, o limite cai para 400 pessoas/dia divididas em 2 turnos (7h e 10h). Comprei pelo site (o http://www.machupicchu.gob.pe costuma sair do ar), enviando por e-mail os dados para completar a compra e recebendo os ingressos por e-mail. Custou S/.131,08 só o Parque no 1º dia e S/.156,05 Parque + Huaynapicchu no dia seguinte. Foi só levar os ingressos impressos e apresentar na entrada junto com seu documento usado na compra (sempre é bom andar também com o cartão de crédito utilizado na compra, podem solicitar).

Em um post separado falo sobre Machu Picchu. Aqui vou continuar a contar sobre Aguas Calientes.

Aguas Calientes, Machu Picchu

Voltamos de Machu Picchu no 1º dia nos últimos horários do ônibus (às 16h30, o último é às 17h). Pegamos muita chuva, estávamos cansados, encharcados e com muito frio. Fomos direto pro hotel, tirar a única roupa além do pijama que levamos. Esticamos e espalhamos pelo quarto pequeno, na esperança de secar pro dia seguinte. (Pessoas, levem mais uma muda de roupa e capa de chuva na mochila, com cuidado para não passar dos 5Kg, mas levem. Principalmente uma meia e camiseta.) Apagamos e não saímos nem para jantar.

Aguas CalientesNo dia seguinte, nossas roupas ainda estavam molhadas. Vestir roupa molhada no frio é brabo. Saímos bem cedo do hotel, pois às 7h já devíamos estar dentro da cidade Inka para pegar a trilha Huaynapicchu. Já saímos do hotel com nossa mochila, fazendo check-out. Combinamos na véspera tomar café às 6h, e os hotéis estão preparados para isso. O 1º ônibus sobe às 5:30 (dá pra ver o sol nascer lá!). Nós não aguentamos acordar tão cedo e fomos no de 6:15.

Voltamos nesse 2º dia por volta das 13h. Felizes por termos pego tempo bom, sol e céu azul. Almoçamos perto da linha de trem que corta a cidade. Ainda tínhamos mais algum tempo na cidade. Fomos na sede onde pode comprar os ingressos para Machu Picchu em Aguas Calientes, para carimbar os passaportes.

Os banhos termais não valem a visita. Piscinas de água rasa, suja, bem turva, fedida, com chão de brita. Fomos lá, mas fiquei com nojinho, rsrs. Tivemos que alugar do lado de fora, em uma barraquinha bem perto, toalha e roupa de banho. Do lado de dentro, se paga a entrada e ainda o armário para guardar os sapatos e todas as roupas. Valeu mais pela ducha após os banhos, para viajar no trem mais fresca.

Banhos termais Aguas Calientes

O acesso impressiona: é lindo!

Banhos termais Aguas Calientes

Mas as piscinas não são convidativas 😦

Por trás das fachadas, as construções são todas de tijolos aparentes. Vista pelos fundos é feia. A cidade toda é uma ladeira bem íngreme, e na altitude! Ande devagar e tenha disposição.

Os restaurantes são bons, porque a comida peruana é ótima. Mesmo os mais humildes possuem um bom cardápio e comida ótima.

Não tem muito o que fazer além de ir Machu Picchu, então fique apenas o suficiente para descansar das trilhas e ver tudo o que você quiser no Parque. Há bastante lojas de souvenirs e feirinhas, mas os preços são mais altos do que em Cusco.

Aguas Calientes, Machu Picchu Pueblo

Aguas Calientes, Machu Picchu Pueblo

Nosso trem de volta a Cusco saia às 15:20. Às 14:50 estávamos chegando na estação. Valeu bastante a viagem! Bora continuar a jornada: retornar para Cusco de trem e seguir para Puno.

Leia mais:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s