De Puno a Copacabana, atravessando a fronteira entre Peru e Bolívia

lago titicaca, Puno CopacabanaApós 6 dias maravilhosos no Peru, chegava o dia de mudar de país e continuar nossa viagem pela América do Sul. Chegava a vez da Bolívia.

Passamos apenas uma manhã em Puno, visitando as Ilhas de Uros. Pegamos o ônibus da Pan Americana na rodoviária de Puno às 14:30 (s/25), para uma viagem de 4h30. Boa parte da viagem vamos margeando o lago Titicaca, com paisagens muito bonitas. É uma área rural, com criações de ovelhas e pequenas plantações.

Puno -Copacabana, fronteira Peru Bolívia

comercio, feira, fronteira Peru - BoliviaAntes da fronteira, passamos por uma rua com muito comércio e feiras de rua, tudo bastante simples, e muita muuuita gente, a maioria vestindo trajes típicos. Comida sendo vendida na beira da estrada, e muito lixo em volta. O ônibus faz uma parada antes da fronteira, para descermos e fazermos a saída do Peru. Nos dirigimos ao serviço de fronteira, para mostrar o passaporte, receber as carimbadas, e… pagar uma “taxa”. Sim, os agentes normalmente cobram de 3 a 5 s/ para autorizar a passagem, mesmo essa prática não sendo exatamente “legal”. Depois, fizemos câmbio da moeda peruana (soles) para a moeda boliviana (boliviano). É necessário ter um pouco de bolivianos para cruzar a fronteira, mas troque apenas o mínimo necessário. O câmbio em Copacabana é muito melhor do que na fronteira.

comércio, feira, fronteira Peru - Bolivia

Trajes típicos, comida e lixo, bem na beira da estrada

Puno-Copacabana3

Dali, temos que atravessar a fronteira andando, é um portal ao lado de uma igreja. Estava tendo uma festa local no dia, com música e muita gente. Do outro lado, já na Bolívia, temos que nos dirigir ao serviço de fronteira novamente para dar entrada na Bolívia. Ali é bem mais demorado. Depois da longa e lenta fila, o ônibus nos aguardava de volta.

fronteira Peru Bolivia

Ja no lado boliviano

Com toda essa demora, chegamos em Copacabana já a noite. Era cedo, umas 20h, mas estava escuro e deserto. Não achei seguro. Mas tivemos que caminhar alguns quarteirões até encontrar nosso hotel, não vimos táxi nenhum, bem como nenhum carro transitando. Vimos pouquíssimas pessoas na rua. Andar rápido, com os mochilões nas costas, em ruas com ladeiras, e na altitude! Ufa! Eu estava passando mal! E meu marido preocupado mandava eu andar mais rápido. Enfim, chegamos ao nosso destino do dia, o hotel.

Li sobre a possibilidade de fazer a travessia de Puno a Copacabana em lancha, durante 4h. Mas não vi nada em Puno sobre isso.

No próximo post, conto sobre a Bolívia e nosso dia em Copacabana.

3 opiniões sobre “De Puno a Copacabana, atravessando a fronteira entre Peru e Bolívia

  1. Boa noite, você sabe se tem ônibus saindo de Puno as 15:30? Gostaria de saber também o nome da rua onde vocês ficaram em Copacabana para ver ser é perto do meu hotel. Desde já agradeço!

    Curtir

    • Olá, Raquel.
      Não me lembro mesmo dos horários dos ônibus.
      Mas o hotel que fiquei: Hotel Utama, Calle Michael Perez 60, 3153 Copacabana
      De qq forma, Copacabana é pequena e tudo é perto.
      Abraços

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s