7 Roteiros com passeios grátis em Buenos Aires, Argentina

ArgentinaMesmo em tempos de alta do dólar e crise financeira, ainda é possível viajar. E viajar para fora do Brasil. Como? Que tal encontrar uma passagem aérea em promoção e ainda investir nos passeios gratuitos? Assim sobra dinheiro pra hospedagem e alimentação 😉 Então bora programar sua viagem para Buenos Aires, capital da Argentina. O PGM te ajuda com os roteiros:

Roteiro gratuito no Centro:

O Centro de grandes cidades sempre nos dá oportunidade de fazer passeios gratuitos, nem que seja para observar as construções antigas e históricas. Em Buenos Aires não é diferente. É possível andar pelo Centro conhecendo a área. Comece pela Avenida 9 de Julio e não deixe de ver o Teatro Cólon e Obelisco.

Pegue a Avenida Corrientes, e entre a esquerda na Calle Florida, a rua mais famosa de BsAs! É uma rua de pedestres, fechada para o trânsito de veículos, que é o paraíso das compras. Mas trata-se de um programa para não gastar dinheiro, então vale ir passear, lá há também apresentações de tango na rua, bancos e casas de câmbio, bares, lojas Havanna, muitas vendinhas de flores e jornaleiros. Passe por uma das lojas da Livraria El Ateneo (nº 899, a maior livraria da cidade), na Galerias Pacífico (prédio de 1894 restaurado que virou Shopping) e no Café Florida Garden (café tradicional, famoso pelos doces e pelo expresso) antes de chegar na Plaza San Martin.

Galerias Pacifico, Buenos Aires, Argentina

Galerias Pacifico

Roteiro gratuito em Montserrat – Centro Histórico:

Comece pela Plaza de Mayo (de 1580, a praça mais importante da cidade e testemunha dos eventos históricos do país), onde estão a Casa Rosada (palácio do governo federal, tem uma visita guiada de 15 minutos), Catedral Metropolitana (com os restos mortais e monumento a San Martín, herói da independência) e Cabildo.

Casa Rosada, Buenos Aires, Argentina

Pegue a Avenida de Mayo. Lá está o famoso Café Tortoni (confeitaria mais antiga de BsAs, de 1858, estilo Colombo no Rio). Continue até a Praça do Congresso. Lá está o Palácio do Congresso Nacional, a famosa escultura o “pensador” de Auguste Rodin, e o Monumento a los Dois Congressos.

Avenida de Mayo, Buenos Aires, Argentina

Avenida de Mayo

Perto da Plaza de Mayo, está localizado o Centro Cultural Kirchner, na Rua Sarmiento 151. Também com entrada grátis. Ainda não fui lá. Mas achei o prédio interessante (o antigo Palácio dos Correios). Há uma área de museu com objetos antigos dos correios, o escritório preservado de Eva Peron, uma sala de concertos (Baleia Azul, com iluminação incrível a noite), e a cúpula com um terraço e uma vista panorâmica da cidade. Buenos Aires sempre surpreendendo. Sempre há algo ainda que valha a pena conhecer!

Jardim Botânico em Palermo, Buenos Aires, Argentina

Jardim Botânico em Palermo

Roteiro gratuito em Palermo:

Palermo é um bairro tradicional, grande e com muitas atrações. Ele é dividido em Bosques de Palermo, Palermo Chico, Palermo Soho, Palermo Hollywood. Com bastante coisa para ver (quase tudo concentrado nos Bosques), eu não consegui ver tudo num dia só.

Em um dia, fui aos Bosques de Palermo, e comecei da Plaza Italia. Ao lado, o Jardim Botânico (pequeno e não muito bem cuidado), e o Jardim Zoológico (com entrada paga). Em outro dia, faça o Parque Tres de Febrero onde ficam os espaços: El Resedal, Jardim dos Poetas, Hipódromo, o Planetário com um lago, e o Jardim Japonês (com entrada paga). Ali perto fica o MALBA, Museu de Arte Latino-Americano. Para terminar o dia, vale uma visita ao Shopping Alto Palermo, próximo a Plaza Italia, indo pela Avenida Santa Fe.

Roteiro gratuito em Recoleta:

Na mesma praça, todos com entrada gratuita, estão o Cemitério da Recoleta (onde está o túmulo de Eva Perón), Igreja Nossa Senhora do Pilar, Centro Cultural Recoleta, e Shopping Buenos Aires Design (onde fica o Hard Rock Café de Buenos Aires). Na mesma praça aos finais de semana e feriados, de 11 às 20h, acontece uma Feira de Artesanato.

Cemiterio em Recoleta, Buenos Aires, Argentina

Cemitério em Recoleta

Recoleta, Buenos Aires, Argentina

Descendo a praça e indo para a esquerda pela Avenida del Libertador, fica o Museu Nacional de Belas Artes. Atrás do Museu, a Floralis Generica Monument (Flor de Metal gigante) na Plaza de las Naciones Unidas.

Recoleta, Buenos Aires, Argentina

Floralis, Buenos Aires, Argentina

Puente de la Mujer, Puerto Madero

Puente de la Mujer, Puerto Madero

Roteiro gratuito em Puerto Madero:

É a zona portuária com antigos armazéns recuperados, atualmente um importante pólo turístico-gastronômico. Passeie pelo calçadão na beira do canal, veja a Puente de la Mujer, o Museu-Barco Fragata Sarmiento (de 1898, fica no Dique 3), Fonte das Nereidas, o Cassino Flutuante. É um bairro que concentra os melhores restaurantes da cidade. Mas você pode fazer apenas um passeio durante o dia ou a noite.

Roteiro gratuito em La Boca:

Caminito: uma rua onde as casas foram pintadas coloridas, e se converteram em lojas e bares. Há apresentações de tango e exposições na rua. Deve-se ter cautela ao andar pelo bairro, e permanecer na área turística. Não vá a noite ou em dias de jogos no estádio do Boca Juniors (que pode e deve ser visitado – em dias sem jogos – possui um museu também, mas é necessário pagar).

Cores no Caminito, Buenos Aires, Argentina

Cores no Caminito

Tango no Caminito, Buenos Aires, Argentina

Tango gratuito nas ruas do Caminito

Roteiro gratuito em San Telmo:

Bairro com casario colonial, cafés e antiquários. Famoso pela Feira de Antiguidades aos domingos, na Plaza Dorrego. É enorme, famosa, antiga (de 1970), com muito tango e milonga nas ruas. Muita antiguidade, cacarecos, mas também lembrancinhas e utilidades (lenços, bijus). Os cafés em volta são bem antigos e tem alfajores deliciosos!! Em San Telmo você pode ainda conhecer o Mercado de San Telmo, a Igreja N. Srª de Belén, e o Museu da Penitenciaria.

Mais de Buenos Aires no PGM:

Esse post faz parte de uma blogagem coletiva dos blogs associados a RBBV (Rede Brasileira de Blogs de Viagem) sobre passeios grátis fora do Brasil, para te ajudar a viajar para fora e fugir do dólar (euro) alto.

Quer mais passeios gratuitos em Buenos Aires? Veja quem mais deu dicas:

Ou mais passeios gratuitos em outros países na América do Sul?

Uma opinião sobre “7 Roteiros com passeios grátis em Buenos Aires, Argentina

  1. Pingback: Dicas de Programas Grátis pelo Mundo Afora | RBBV – Rede Brasileira de Blogueiros de Viagem

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s