Patrimônios Mundiais da UNESCO em Malta

Lower Barrakka Garden

Malta é um país lindo, uma pequena ilha no Mediterrâneo, o menor país da Europa, e um museu a céu aberto. Passei 3 meses morando na ilha em intercâmbio. Me apaixonei! Alguns lugares em Malta são especialmente fantásticos, e numa viagem rápida não podem deixar de ser visitados. Entre eles estão os Patrimônios Mundiais da UNESCO. Em Malta eles são oito, todos tombados em 1980. E como o pais é pequeno, fica mais fácil conhecer todos.

1)Valletta: a capital de Malta

Sim, a cidade inteira foi declarada Patrimônio Mundial. Trata-se de uma cidade murada e fortificada, toda no padrão da ilha de construções em pedras locais amarelas, sacadas de madeira, e muito Barroco por todos os lados. Dezenas de museus, igrejas, jardins com belas vistas pra baia e muita historia nessa que é a atual capital de Malta, mas não a primeira. Foi intensamente bombardeada durante a Segunda Guerra, mas honrosamente resistiu e foi reconstruída.

Uma cidade pequena, mas com tanta coisa pra ver e absorver que recomendo ao menos 1 dia inteiro de visita. E você vai sair sempre com gostinho de quero mais. O mais imperdível é o Museu da Guerra (National War Museum) no Forte St Elmo, onde a historia da ilha se confunde com a historia do mundo.

Leia mais sobre Valletta: Valletta, a cidade murada e fortificada, capital de Malta

St George's Square, Valletta

St George Square, no coração de Valletta

Fort St Elmo, Valletta, Malta

Fort St Elmo, em Valletta, capital de Malta

2) Hal Saflieni Hypogeum

Um dos templos mais fantásticos, não só de Malta, mas do mundo! Pois trata-se de uma construção de 2.500 a.C. Sim, isso mesmo que você leu: antes da era Cristã! Mais do que ser da Era do Bronze, ainda é a única construção subterrânea dessa época. Trata-se de um antigo santuário com centenas/milhares de câmaras funerárias, onde foram encontrados ossos, ornamentos, esculturas e pinturas bem preservadas.

Trata-se também do templo de mais difícil visitação, sendo necessário agendamento prévio no site, com até um mês de antecedência. Mas vale, viu? Eu tenho um pouco de claustrofobia e consegui fazer o passeio (guiado) tranquilamente.

Fica em Paola, próximo ao Templo Tarxien. No interior não se pode fotografar, então só tenho foto da fachada.

Hypogeum Malta

3) Templos Megalíticos

São 6 os templos contemplados pela UNESCO como Patrimônios Mundiais em Malta. Ggantija, Mnajdra, Ħagar Qim, Tarxien, Ta’ Ħaġrat e Skorba. Eu fiz um “pacote” pagando o Multiple Pass da Heritage Malta, que dá direito a visitar 22 sítios e museus, mais o aquário nacional em 30 dias. Ainda paguei preço diferenciado como estudante. Super valeu a pena! Adorava me aventurar aos finais-de-semana pelos museus e templos. Todos os 6 templos megalíticos tombados pela UNESCO estão nesse “pacote”.

Ggantija – São 2 templos do Neolítico (3.600 a 2.500 a.C.) localizados na ilha de Gozo. São considerados um dos templos religiosos mais antigos do mundo, com mais de 5.500 anos. Inúmeras estátuas e imagens foram encontradas ali. A crença local diz que foram construídos por gigantes, de tão impossível imaginar humanos sem tecnologia os fazendo. Fica no alto de uma colina, com uma linda vista da ilha. E possui um lindo museu com as peças bem preservadas encontradas.

Ggantija, Gozo, Malta

Fachada do Museu e acesso aos templos de Ggantija

Ggantija, Gozo, Malta

Peças bem preservadas no Museu de Ggantija

Ggantija, Gozo, Malta

Templo de Ggantija

Ggantija, Gozo, Malta

Vista de Gozo a partir do templo

Mnajdra e Ħagar Qim – os 2 templos ficam em um mesmo complexo, próximo a Blue Grotto. São templos únicos datados do mesmo período que os de Tarxien (3.200 a 2.500 a.C.), onde foram encontradas ossadas de animais do Pleistoceno, como elefantes anões, lobos e hipopótamos (Imagina! Esses bichos no sul da Europa!). Um museu na entrada dos templos conta a história e mostra os achados arqueológicos. Ainda têm uma linda vista do Mar Mediterrâneo.

Mnajdra Temple, Malta

Imaginar como esculpir, decorar, carregar essas pedras enormes e as colocar no lugar sem as ferramentas atuais, é o mais intrigante

Mnajdra Temple, Malta

Templos + Mar Mediterrâneo

Tarxien (na cidade de Paola) – Um complexo com 4 templos construídos no Neolítico tardio (3.600 a 2.500 a.C.).

Tarxien Temples Malta

Parte de escultura de corpo de mulher com 1,5m bem preservado (réplica, o original se encontra em um museu na ilha)

Ta’ ĦaġratSkorba – Pequenos templos na cidade de Mgarr, datados de 3.600 a 3.200 a.C. São bastante antigos, e achei mal preservados. Diferentes dos anteriores, não contam com cobertura de proteção ao tempo e nem uma estrutura de recepção ao turista. Mas não são menos importantes, pela data de construção vemos que não. Arqueologicamente, são extremamente importantes. Já para um turista comum… se tiver pouco tempo, escolha os 4 anteriores 😉

Ta' Ħaġrat, Malta

Ta’ Ħaġrat

Leia mais sobre Malta:

Patrimonios Mundiais Unesco

Esse post faz parte de uma blogagem coletiva de blogs amigos do grupo Pequenos Grandes Viajantes sobre Patrimônios Mundiais da UNESCO. Leia mais:

– Viajonários – Patrimônios Mundiais da UNESCO em Londres
– Lolepocket – Explorando o melhor das ilhas gregas: um dia em Delos
– Foco no Mundo – Patrimônios da UNESCO para visitar no Brasil
– Destinos por onde andei… – Salvador, Patrimônio Mundial da UNESCO
– Mariana Viaja – Conjunto da Pampulha, novo Patrimônio Mundial da UNESCO
– Pegadas na Estrada – 15 Parques Nacionais Patrimônios da UNESCO que você precisa conhecer
– Família Viagem – Patrimônio Mundial da UNESCO: Estátua da Liberdade
– Viagens que Sonhamos – Pampulha
-Viagens Invisíveis – Os inacreditáveis templos de Angkor, Camboja
– Mineiros na Estrada – O que ver e fazer em Machu Picchu
– Outro blog – Chapada dos Veadeiros | Alto Paraíso de Goiás
– Mochilão Barato – Missões Jesuítas no Paraguai
– Asas pra que te quero – Castelos da Inglaterra: a história sombria da Torre de Londres
– Vaneza com Z – Patrimônios na Humanidade em Portugal: Sintra e Porto
– Trilhas e Cantos – Patrimônios da Unesco no País de Gales: Castelos e Fortificações do Rei Eduardo I
– Projeto 101 Países – Persépolis: a joia preciosa do Irã
– Volto Logo – Patrimônios Culturais da UNESCO para conhecer na América Latina
– Atravessar Fronteiras – Ouro Preto: perfeita aliança entre história e modernidade
– Uma Senhora Viagem – Olinda, Linda cidade, Lindo patrimônio
– Coordenadas do Mundo – 8 Patrimônios da Humanidade para visitar na Austrália
– Olhares pelo mundo – Cidade Histórica de Ayutthaya, Patrimônio da UNESCO a um Pulo de Bangkok
– Cantinho de Ná – Palácio de Versalhes. Patrimônio UNESCO com louvor
– Trippolis – Distrito Histórico de Quebec
– Viviendo en el México Mágico – México e a UNESCO!
– Devaneios de Biela –  Fortaleza de Suomenlinna: Patrimônio Histórico em Helsinki
– De Mochila e Caneca – Catedral de São Basílio, a igreja mais bonita do mundo!
– Ligado em Viagem – Hierápolis-Pamukkale, lindo Patrimônio Mundial da Unesco na Turquia
– Por aí com os Pires – Foz do Iguaçu – Parque Nacional do Iguaçu
– Apure Guria! – 5 dicas para visitar o Angkor no Camboja
– E aí, Férias! – Ouro Preto, a cidade patrimônio cultural da UNESCO e ponto focal da Estrada Real
– Virando Gringa – Cidade Proibida – Patrimônio Mundial da Humanidade na China
– Tá indo pra onde? – Patrimônios da UNESCO na Alemanha
– Na dúvida, embarque – Itália: o país com mais Patrimônios da Humanidade
– Destino Mundo Afora – Cinco patrimônios mundiais da Unesco para visitar no Brasil e Estados Unidos 

41 opiniões sobre “Patrimônios Mundiais da UNESCO em Malta

  1. Pingback: Patrimônio Mundial da UNESCO: Estátua da Liberdade | Família Viagem

  2. Pingback: Salvador, Patrimônio Mundial da Unesco | Destinos Por Onde Andei...

  3. Pingback: Patrimônio Cultural da UNESCO: 7 lugares para visitar na América Latina

  4. Pingback: Persépolis: a joia preciosa do Irã – Projeto 101 Países

  5. Pingback: Chapada dos Veadeiros - Alto Paraíso de Goiás - Outro blog

  6. Pingback: Castelos da Inglaterra: a história da sombria Torre de Londres ( o melhor passeio da cidade) – Asas pra que te quero!

  7. Pingback: Cidade Histórica de Ayutthaya: Patrimônio da UNESCO a um pulo de Bangkok – OLHARES PELO MUNDO

  8. Pingback: O que ver e fazer em Machu Picchu » Mineiros na estrada

  9. Que lindo 🙂 Quanta informação interessante, e quanta história. Adoraria ter participado dessa blogagem coletiva, mas só vi hoje. Participo do grupo da RBBV, mas acho que ninguém comentou sobre essa bloguagem coletiva por lá.

    Um grande abraço

    Curtir

    • Não é uma delicia de lugar, Dayana ? Alguns sites indicam que Malta possuem 3 Patrimônios Mundiais, aglomerando os Templos Megalíticos como 1 coisa só. Mas estes são 6 construções distintas e separadas geograficamente, então convém tratar como 8. 😉
      Beijo

      Curtido por 1 pessoa

  10. Pingback: Como explorar o melhor das ilhas gregas: um dia em Delos

  11. Fiquei impressionado com a quantidade de Patrimônios da Humanidade por lá!
    São muitos quando levamos em conta o tamanho de Malta né!? hehehe

    Viu, e como está a conservação de Hal Saflieni Hypogeum?? Afinal depois de tanto tempo… hehehe

    Abraço

    Curtir

    • Oi, Murilo!
      Pois é! Para uma ilha pequena, Malta guarda muitas surpresas! Os patrimônios são apenas alguns deles.
      A conservação não só do Hypogeum mas da maioria dos templos (tirando os 2 últimos que cito no post) está muito boa. O Hypogeum principalmente, pois trata-se de uma construção subterrânea que ficou por muitos séculos oculta de todos (e dos invasores otomanos), foi protegida dos danos da 2a Guerra, e dos efeitos do tempo e clima. Hoje, conta com uma segurança extra no controle de acesso, com numero bem restrito de visitantes.
      Abraço

      Curtir

  12. Pingback: Os inacreditáveis templos de Angkor, Camboja - Viagens Invisíveis

    • Oi, Lilian! Tudo bem?
      A história em Malta é fantástica! Muito remota.
      Sobre a claustrofobia, eu tb tenho problemas e consegui entrar no Hypogeum. As câmaras são bem amplas. E apenas ele é subterrâneo, todos os outros templos, museus, monumentos, são todos acima do solo 😉 rsrs
      Beijo

      Curtir

  13. Pingback: Palácio de Versalhes. Patrimônio UNESCO com louvor. - Cantinho de Ná

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s