Itaúnas, Espírito Santo

Igreja ItaúnasItaúnas é uma vila de pescadores famosa por suas dunas e pelos festivais de forró pé-de-serra. A vila se localiza no extremo norte do Espírito Santo, quase na divisa com a Bahia, e faz parte do município de Conceição da Barra.

A vila rústica com ruas de terra, é muito charmosa contando com pousadas, restaurantes e lojinhas modernas.

História

Até a década de 60 a vila de pescadores se situava a beira mar. Após décadas de remoção e devastação da vegetação de restinga (que fixava a areia das dunas no lugar), a vila acabou sendo soterrada pelas dunas, que mudaram de posição com os ventos. A cidade então teve que se mudar para a outra margem do rio. É possível ver as ruínas de uma das casas que resistiu ao soterramento na trilha do Tamandaré.

Casa do Tamandaré, Itaúnas

Casa do Tamandaré, a única residência que não foi soterrada pelas dunas, pois seu dono não retirava a vegetação de restinga do entorno

Como chegar

Vila de ItaúnasDe avião, o aeroporto mais próximo fica em Vitória, capital do Espírito Santo, a 280Km. A partir daí, tem que pegar ônibus ou carro.

De ônibus, a viação Águia Branca faz o trajeto Vitória x Conceição da Barra, onde deve-se pegar outro ônibus da viação Mar Aberto no trajeto Conceição da Barra x Itaúnas de 23Km.

De carro, basta seguir pela BR-101 até Conceição da Barra, pegar a Rodovia Estadual ES-421 e seguir por estrada de terra em meio a plantações de eucalipto por 30 minutos até o vilarejo.

Eu cheguei de ônibus de excursão saindo do Rio de Janeiro nas duas vezes em que fui.

Natureza e Praia

Além das enormes e lindas dunas, Itaúnas possui praia, rio, manguezal, restinga, tudo protegido pelo Parque Estadual de Itaúnas.

Parque Estadual de Itaúnas

Parque Estadual de Itaúnas e sua natureza privilegiada

Para chegar a praia é necessário andar 1Km a partir da vila (ou chegar de carro até os pés das dunas) passando pela ponte sobre o rio. Mas o maior desafio é subir e descer 20m a 30m de altura de dunas com 300m de extensão. E vale a pena o esforço, pois as águas são mornas, apesar de escuras, e na maré baixa fica bem rasa.Dunas de Itaúnas

A praia principal possui quiosques grandes, no estilo barracões, muitos animados ao som de forró, e chegando a contar com bandas ao vivo no final da tarde. É considerada a melhor praia do estado do Espírito Santo, inclusive por blogs capixabas como o Capixaba na Estrada.

Praia de Itaúnas

Passeios

Casa do Tamandaré, Itaúnas

Vista de dentro da Casa do Tamandaré

Trilha do Tamandaré – um caminho alternativo para chegar à praia sem subir dunas tão íngremes, na trilha do Tamandaré ainda é possível ver as ruínas de uma das casas que resistiu ao soterramento na antiga vila de Itaúnas. É uma trilha curta e fácil, sem necessidade de guia.

Riacho Doce – a 17Km ao norte da vila por estrada boa, um rio que deságua no mar num trecho de praia deserta. A identificação no caminho fica por conta de placas de incentivo de uma pousada, com dizeres engraçados como “É por aqui mesmo”, “Não desista”, “Você está quase chegando”. Na área há quiosques de pescadores com comida simples.

Costa Dourada – área com falésias vermelhas com até 10m de altura a 30Km ao norte da vila, já na Bahia.

Passeios de buggy, bicicleta, canoa e à cavalo.

Outras atrações

Na praça principal onde fica a igreja, há uma curiosa atração turística: um tronco oco de uma árvore enorme caído. Possui mais de 15 metros de comprimento e um metro de diâmetro interno, podendo ser atravessado de um lado ao outro, como se fosse um túnel. Porém há uma barreira de corda para evitar que as pessoas subam no tronco e o deteriorem.

Praça Itaúnas

Praça principal: igreja e o enorme tronco caído

Forró

O Festival Nacional de Forró de Itaúnas (FENFIT) ocorre em meados de julho durante quase 10 dias. No réveillon, acontece o Festival de Verão por 7 dias. Mas em qualquer época do ano as casas noturnas como o Bar do Forró, Café Brasil e a nova Vibe possuem programação com forró a noite aos finais de semana. Eu conferi o Festival de Verão em 2018 e vou contar para vocês como foi (em breve!).

Forró em Itaúnas

Forró que não para na Padaria

Para não perder: o nascer do sol de dentro do mar

Assistir ao pôr-do-sol de cima das dunas só perde para um outro espetáculo ainda melhor: assistir ao nascer do sol. Porque o sol se põe na direção do continente, onde de cima das dunas se vê uma vegetação de restinga e manguezal. Já o nascer do sol acontece na direção do mar. Assisti-lo do alto das dunas ou da praia mesmo é algo sensacional! Logo após uma ótima noite de forró é fantástico!

Nascer do sol Itaúnas

Nascer do sol espetacular em Itaúnas

Quando ir

Se você quer curtição, os festivais de forró ocorrem no réveillon, e em meados de julho. Há ainda em setembro o Festival Gastronômico Itaúnas & Sabores. Se prefere baixa temporada, com a cidade mais calma e menos cheia, evite esses períodos.

Dicas

  • Não há caixas eletrônicos na vila. Leve todo o dinheiro que precisar. Alguns estabelecimentos aceitam cartão de débito/crédito, como mercados, padarias, restaurantes, lojas.
  • Não há hospital, apenas um posto de saúde. (Durante os Festivais de Forró, o posto médico funciona 24h).
  • Energia elétrica com 127V
  • Não esqueça o repelente!!! Em qualquer horário do dia.

Leia também:

2 opiniões sobre “Itaúnas, Espírito Santo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s