Tour Gastronômico: Origens da Culinária Carioca

tour gastronômico cariocaHá alguns dias fiz um roteiro pelo Centro do Rio de Janeiro que queria fazer há algum tempo. O Tour Gastronômico: Origens da Culinária Carioca é organizado pela agência Revelando o Brasil, um passeio a pé pelo Centro do Rio. Nele, conhecemos a história dos pratos típicos cariocas mais conhecidos, passando pelos restaurantes e bares onde eles surgiram, ouvindo sobre os personagens reais envolvidos.

Não há uma periodicidade exata, é necessário ficar de olho nos eventos da página do Facebook da agência para saber quando vai rolar. A atividade durou de 13 às 16h, e teve início no Largo da Lapa em frente a Sala Cecília Meireles. Nossa guia foi a ótima Juliana Fiúza.

Não há um valor de inscrição. A agência pede uma contribuição dos participantes a partir de R$10,00. Nenhuma das comida ou bebidas estão inclusas, sendo de responsabilidade do participantes arcar com seus próprios custos.

Filé à Oswaldo Aranha

Filé à Oswaldo Aranha servido no Cosmopolita. Foto da Veja Rio

Roteiro

Do ponto de encontro inicial, já vemos a 1ª atração: o Restaurante Cosmopolita com seu toldo vermelho no Largo da Lapa. Endereço Travessa Mosqueira, 4, esquina com Av Mem de Sá. Funciona desde 1926, numa época em que o Rio era a capital do país e o Cosmopolita frequentado pelos políticos (era chamado de “senadinho”). Ali surgiu o filé a Oswaldo Aranha, quando o próprio ministro Oswaldo Aranha (1894-1960) em meados dos anos 30 frequentava o local. Conta a história que ele mesmo fazia o pedido do ponto do filé de mignon coberto por fatias finas de alho frito, acompanhado de arroz, farofa e batata portuguesa, servidos na frigideira.

Adega Flor de CoimbraA 2ª parada é na Adega Flor de Coimbra, a mais antiga do Rio, inaugurada em 1938. A curiosidade sobre o lugar, quase em frente a escadaria Selarion, é a placa ‘proibido beijos ousados‘. O antigo dono, um senhor português, chegou a instalar um espelho para ele observar também os clientes que sentavam no mezanino. Assim, qualquer casal mais assanhadinho era convidado a se retirar do estabelecimento. Ali é servido desde a década de 30 o prato carioca mais famoso: a feijoada. O feijão preto é de origem sul americana e era utilizado por nossos índios. A forma de cozinhar se derivou de influências dos pratos europeus, como o cozido português, que misturavam legumes e diversas carnes. A lenda popular de que a origem da feijoada era a de restos de carnes de porco dadas a escravos não se sustenta, pois historiadores mostram que as carnes usadas na feijoada sempre foram consideradas iguarias. Há registros sobre a feijoada no Rio de Janeiro desde 1840.

Adega Flor de Coimbra

Seguimos em direção ao Centro e o próximo ponto é a Cinelândia. Ali a guia nos conta sobre como se iniciou a prática de fazer refeições na rua, sendo antes o normal as pessoas irem em casa almoçar e voltar ao trabalho. Com a cidade crescendo, e a área residencial ficando mais distante, o hábito de comer na rua foi se popularizando, e diversos estabelecimentos e pratos surgindo.Bar Luiz, Rio

A próxima parada é para almoçar: Bar Luiz, na Rua da Carioca. Foi fundado em 1887 na Rua da Assembleia por um suíço, sendo adquirido depois pelo carismático alemão Adolph Rumjanek. Ele foi o responsável por popularizar o consumo de chope na cidade apostando quedas-de-braço com os clientes, e vencendo sempre. Assim o cliente tomava o chope e era conquistado. Após seu falecimento, o bar se mudou para o endereço atual e ganhou seu nome (Adolph). Durante a 2ª Guerra, uma confusão com o nome do bar ser uma referência a Hitler, confusão essa desmentida por Ary Barroso que se encontrava no local tomando chope, provocou a alteração do nome para o atual Bar Luiz. Desde sua origem até os dias de hoje, os pratos mais pedidos são a famosa salada de batatas (incomum para a época comer batatas frias) e as salsichas e linguiças alemãs. Pedimos um prato do dia com um mix dessas iguarias. Para acompanhar, obrigatório pedir o chope Brahma mais premiado da cidade.

Bar Luiz, Rio

Bar Luiz

Prato Mix I: salada de batata, salsichão bock, linguiça branca, e kassler (carne de porco salgada e defumada), acompanhados de um chope sensacional super bem tirado

Depois do almoço, sobremesa. Passamos pela Casa Cavé, doceria artesanal portuguesa, na Rua Uruguaiana com Sete de Setembro. Estava fechada num sábado a tarde, mas a guia contou que foi um dos primeiros lugares a servir sorvete fabricado com gelo importado numa época que não havia eletricidade. Os dias de recebimento do gelo e produção de sorvete eram sensação na cidade. A parada mesmo foi na famosa e clássica Confeitaria Colombo, de 1894. Cheia de história, lindíssima, detalhes encantadores. E eu louca pra cair num dos doces logo.

Confeitaria Colombo

Confeitaria Colombo

Docinho básico na Confeitaria Colombo. Daqueles pra comer antes de morrer.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Restaurante Rio Minho

Seguimos pela Rua do Ouvidor ouvindo sobre as vendas de comidas de rua, passando por vários bares convidativos (bombando com samba ao vivo no sábado a tarde), até chegar ao início da rua na esquina com a nova orla sobre o túnel Marcelo Alencar. Ali está o Restaurante Rio Minho, especializado em frutos do Mar. É o mais antigo restaurante em funcionamento do Rio, fundado em 1884 por um português, mas o atual dono e chef é um espanhol. Estava fechado, pois funciona no almoço (11 às 16h) de 2ª a 6ª. Ali foi criada a sopa Leão Veloso, caldo preparado com cabeça de peixe, camarão, lula, polvo e mexilhão.

Dica:
● Melhor fazer o passeio com calçado confortável e sem salto (tênis), leve protetor solar e água, e máquina fotográfica.

Contato da agência que promove o tour gastronômico (e também o tour dos Botequins do Rio, o próximo que quero fazer): info@revelandoobrasil.com.br

Leia Mais:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s